Homens e mulheres de até 26 anos poderão ser imunizados contra HPV


Homens e mulheres de até 26 anos poderão ser imunizados contra HPV

Categoria: Notícias //


Homens e mulheres entre 15 e 26 anos poderão receber a vacina contra HPV, pelo Sistema Único de Saúde (SUS), em municípios que ainda tenham vacinas em estoque, com prazo de validade até setembro de 2017 como é o caso do Município de Vila Maria.

Para a faixa etária de 15 a 26 anos, a orientação do Ministério da Saúde é o esquema vacinal com três doses, com intervalo de zero, dois e seis meses. As pessoas que tomarem a primeira dose neste período, excepcionalmente, terão as duas doses subsequentes garantidas no SUS.

A rotina de uso desta vacina no público-alvo, que é para meninos na faixa etária de 11 a 13 anos e meninas de 9 a 14 anos, deve ser mantida com duas doses, sendo aplicada com intervalo de seis meses entre elas.

A vacina HPV Quadrivalente é segura, eficaz e é a principal forma de prevenção contra o aparecimento do câncer do colo de útero, 4ª maior causa de morte entre as mulheres no Brasil. Nos homens, protege contra os cânceres de pênis, orofaringe e ânus.

Para a aplicação da vacina na unidade de saúde, e necessário a apresentação da carteira de vacinação, Cartão Nacional SUS e um documento.

O horário de funcionamento da sala de vacinas é das 07h30min às 11 horas e das 13 horas às 16h30min. Mais informações com equipe de enfermagem da unidade de saúde, ou pelo fone (54)3359-1003 ou (54)3359-1618.

 

Meningocócica

Além da vacinação contra o vírus HPV, está sendo realiza a vacina meningocócica C conjugada que deve ser aplicada em meninos e meninas de 12 e 13 anos (11 meses e 29 dias). Esta vacina deve ser aplicada em dose única, como reforço para aquelas crianças que já a tenham recebido quando estavam dentro da faixa etária preconizada pelo Ministério da Saúde.

A doença meningocócica é uma infecção bacteriana aguda, progressiva e quase sempre fatal. Pode ocorrer inflamação nas membranas que revestem o Sistema Nervoso Central (Meningite e Infecção generalizada – Meningococcemia).